Volkswagen confirma novos Gol e SUV compacto e Polo e Virtus GTS

Posted on

Uma apresentação de fim de ano do Grupo Volkswagen revelou importantes novidades para o mercado latino como a Argentina e o Brasil. A imagem divulgada pela Volkswagen Argentina mostra que o Gol terá sucessor (Projeto A00), além de indicar versões GTS para Polo e Virtus. O slide também mostra que marca fará um novo SUV no Brasil, cujo projeto é chamado de A0 CUV.

Novo Gol e SUV A0 CUV

Fornecedores locais já trabalham no desenvolvimento da nova geração do Gol. O que não era conhecido era o nome do projeto e qual arquitetura será usada pelo compacto. O novo Gol chegará ao mercado em 2020 e deverá ser fabricado em Taubaté (SP), onde será construído a partir de uma versão menor da plataforma MQB. A base também dará origem a um novo SUV compacto chamado de A0 CUV que será posicionado no mercado brasileiro abaixo do T-Cross.

Polo e Virtus GTS

A apresentação também revelou que o novo Volkswagen Polo e o Virtus terão versões GTS. Ambas serão baseadas na versão Highline equipadas com motor 1.0 TSI e câmbio automático de seis velocidades. Tempos atrás uma fonte disse que o motor 1.4 TSI Flex deixaria a dupla com preços salgados. No visual, tanto o Polo quanto o Virtus contaram com adereços para deixá-los com visual esportivo. Mudanças na suspensão também são esperadas.

SUV Tarek

Até então imaginava-se que o SUV que a marca fará na Argentina a partir da arquitetura MQB se chamaria Tharu, porém, pela apresentação o inédito SUV se chamará Tarek.

Saveiro NF

A Volkswagen já tinha confirmado que produziria uma nova picape que ficaria abaixo da Amarok nos mercados latinos. O novo modelo também será construído a partir da plataforma MQB. Uma novidade é que na apresentação argentina, o projeto é chamado de Saveiro NF (Neue Familie), o que indicar a picape terá outras variações além da opção cabine dupla.

Gol e Voyage AQ

Os veteranos Gol e Voyage também ganhará novidades em 2018. No slide a sigla AQ aparece na frente dos nomes do hatch e do sedã. Isso nos leva apostar que a sigla AQ vem do câmbio automático AISIN AQ-250-6F. Segundo um colega argentino, isso indicaria também um fim de vida da dupla. A chegada da transmissão marcaria uma versão de fim de linha para a dupla.

Foto | Autos Segredos